ISO 9000, o que é e para que serve?

A série ISO 9000 surgiu em 1987 com o objetivo de de estabelecer critérios internacionais para a implantação de Sistemas de Garantia da Qualidade. A ISO  é a Organização Internacional para Normalização, uma entidade ligada a ONU e fundada em 1947. A ISO cria normas para as mais diferentes atividades comerciais. Visa estabelecer parâmetros que possam ser adotados nos mais diferentes países. A ISO passou a ser conhecida pelo cidadão comum após a publicação da série 9000. No início (em 1987), a série era composta de 5 normas:

A evolução da ISO 9000
ISO 9000 Evolução ao longo do anos

a) a ISO 9000, como ficou popularizada a série, era uma espécie de Guia para escolha da norma mais adequada ao tipo de negócio;

b) A ISO 9001, a mais completa, abrangia todos os aspectos de um negócio, desde o projeto e desenvolvimento do produto, sua produção, aquisição de materiais e produtos, até a expedição e entrega;

c) A ISO 9002, praticamente idêntica a ISO 9001, exceto pelo fato de não contemplar os requisitos de projeto e desenvolvimento;

d) A ISO 9003, a mais simples das três estabelecia requisitos para inspeção final de produtos, normalmente adotadas por pequenas empresas e algumas de serviços, como postos de gasolina, e, finalmente;

e) A ISO 9004, uma espécie de “apostila” que explicava os conceitos das normas e fornecia algumas dicas de como se aprofundar no tema.

 

Em 1994, a série passou pela sua primeira revisão, mantendo no entanto, a mesma estrutura de 3 normas de requisitos.

Em 2000, a série teve sua grande mudança, com a introdução na abordagem de processos. Nesta versão, as normas ISO 9002 e ISO 9003 foram canceladas. Apenas a ISO 9001 como norma de requisitos onde a certificação era possível foi mantida.

A Versão 2008 da norma não trouxe grandes alterações nos requisitos.  Poucas mudanças foram introduzidas, principalmente na terminologia. Isto foi feito para ficar mais adequada às empresas de serviço que já estavam buscando em maior número, suas certificações.

Finalmente, em 2015, a ISO passou por uma substancial mudança, com a introdução da análise de riscos, o conhecimento e a não obrigatoriedade de Manual da Qualidade e procedimentos. A principal mensagem da ISO 9001-2015 é: A NORMA ESTABELECE REQUISITOS PARA UM SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE E NÃO PARA UM SISTEMA DE DOCUMENTAÇÃO. Isto porque, se proliferou que para atender a ISO 9000 bastava escrever meia dúzia de procedimentos e agir conforme escrito.

A ISO 9001-2015 trás importantes requisitos que, se corretamente implementados, certamente contribui para o sucesso do negócio.

Nós da SGQ somos especialistas em Gestão da Qualidade. A ISO 9001-2015 é, dos modelos de gestão da qualidade disponíveis no mercado. É provavelmente o mais “inteligente” pois cobre todas as áreas de negócio e não conflita com nenhum outro modelo.